Diagnocenter Logo
Home Institucional Exames Unidades Notícias Dicas de Saúde Mapa do site Fale Conosco
Exames
Teste Ergométrico


INDICAÇÕES

Um Teste de Esforço é realizado para:

  • Avaliar situações de dor torácica não explicada, para determinar sua causa, quando se suspeita de doença das artérias coronárias.
  • Determinar a capacidade do coração para tolerar exercícios físicos, em pessoas com doença cardíaca conhecida, ou naqueles que tiveram um ataque cardíaco ou cirurgia cardíaca.
  • Identificar ritmos cardíacos anormais, quando apresenta sintomas como vertigem, desmaios ou palpitações , se acontecerem durante exercícios ou atividade física.
  • Para fazer uma pesquisa de ocorrência de doença das artérias coronárias, em uma pessoa sem sintomas, especialmente se a pessoa tem fatores de risco (como tabagismo, colesterol alto, hipertensão arterial, diabetes, ou uma história familiar de doença cardíaca em uma idade jovem).
  • Depois de angioplastia ou cirurgia de revascularização do miocárdio (ponte de safena), para avaliar recorrência da doença.
  • Avaliar a efetividade de certos medicamentos ou outra terapia para batimentos cardíacos irregulares (arritmias) ou dor torácica de origem cardíaca (angina).

CONTRA-INDICAÇÕES

Não realizamos o exame em pacientes acima de 100 Kg , alguns portadores de deficiências especiais , ou que necessitem de suporte anestésico.

TEMPO DE EXAME

Depende da preparação física do paciente.

PREPARO

Em algumas situações, medicamentos de uso continuado poderão ser suspensos alguns dias antes do Teste. Somente o médico assistente deverá orientar quanto à possível necessidade de suspensão de medicamentos, antes do Teste de Esforço.
O paciente deve informar, ao médico responsável pelo exame, se está usando qualquer medicamento, ou se usou qualquer medicamento capaz de causar queda na pressão ou vasodilatação, nas 24 horas que antecederem o exame. Alguns medicamentos podem afetar os resultados de um eletrocardiograma de repouso, ou do teste de esforço, ou levar a hipotensão (queda na pressão) severa, durante o Teste.
O médico responsável pelo teste deve ser informado acerca de qualquer problema que limite à capacidade de realizar o esforço, tal como doença do quadril, joelhos, pernas, etc.
O paciente deve estar em jejum, pelo menos por 2 a 4 horas antes do procedimento, evitando a ingestão de álcool, cafeína e o uso de tabaco.
Para o teste, normalmente se solicita que o paciente remova jóias e adereços, e que compareça vestindo uma roupa confortável, como um short ou bermuda, além de sapatos confortáveis ou tênis.